A importância de adequar o seu vestuário ao ambiente de trabalho

adequaçãoambientetrabalho_atq

Hello!

Quando pensamos em vestuário para o trabalho logo vem a imagem de roupa social na nossa cabeça, não é? Mas na verdade nem sempre essa é a melhor opção. Para entender qual é o melhor visual para o ambiente profissional temos que analisar alguns aspectos relacionados ao emprego.

Empresa/local de trabalho: Existe alguma regra sobre vestuário na minha empresa? Sexta-feira é dia casual ou não? Qual a imagem que minha empresa quer passar? Qual o ramo de atuação da minha empresa?

Logo que você começa em um novo emprego tem como obrigação buscar o máximo de informações sobre a empresa, como é o dia a dia de trabalho, quais serão as suas obrigações, como é o comportamento dos seus colegas que estão há mais tempo trabalhando lá, coisas assim… Vale até ler o código de ética da empresa, é através dele que você saberá qual a imagem que sua empresa quer passar. A partir disso, você terá uma gama de informações relevantes para construir o seu visual e, consequentemente, a sua imagem no novo emprego. Algumas empresas adotam a sexta-feira como Casual Day, porém isso não quer dizer que você pode ir com roupa de final de semana. Mantenha a mesma proposta de look dos outros dias da semana e aposte em cores diferentes e tecidos menos estruturados. E, por fim, saiba qual é o ramo de atuação da sua empresa, com o que ela trabalha, qual produto ou serviço oferece.

Função/serviço: Qual é o meu cargo, a minha função? Eu chefio alguém? Sou chefiada por alguém? Na prática, o que eu faço na empresa, serviço burocrático, manual, etc? 

Entenda exatamente o que você vai fazer, qual é o seu trabalho, qual a hierarquia da empresa e onde você está nessa hierarquia. Saber o seu lugar e aonde você quer chegar é parte fundamental para construir uma boa imagem desde o início. Estar vestida adequadamente para o seu cargo é super importante, se você estiver chefiando precisa dar o exemplo e se for chefiada (muitas vezes ambos acontecem simultaneamente) precisa provar que sabe o seu lugar e dá valor a ele. Também se vestir de acordo com o que você faz, por exemplo, se você tem que fazer algum tipo de trabalho manual a roupa tem que ser mais confortável, lembrando que conforto não significa desleixo.

Cliente/público: Quem vai me ver dentro da empresa? Eu lido com os clientes? O público me vê? Ou trabalho internamente? 

Nunca deixe de considerar as pessoas com quem você irá lidar todos os dias. Se você atende o público ou clientes pense que você é a empresa naquele momento, é através de você que um produto será vendido ou um serviço será prestado. A sua imagem tem que passar os valores e crenças do seu local de trabalho. Entenda quem é o seu cliente, de onde ele veio, qual a sua história, por quê ele está ali, por qual motivo procurou a sua empresa; monte o perfil dele para que você possa adequar o seu perfil às necessidades dele. Se o seu cargo é interno, lembre-se de que os seus colegas de trabalho também te avaliam, e te respeitarão a medida em que você demonstra merecer aquela função, a imagem que você apresenta a eles é o primeiro passo pra isso. São essas pessoas que te indicam e te promovem para outros cargos.

No ambiente profissional (até no social) quando não nos vestimos adequadamente parece falta de interesse, e eu sei que não é essa a impressão que queremos causar em lugar nenhum, muito menos no trabalho. Entenda bem, o seu visual pode sim ter características suas pessoais, isso até demonstra personalidade, porém você está ali representando uma marca, empresa, entidade, essa é a sua função lá. Nunca deixe o seu eu pessoal passar por cima do seu eu profissional no ambiente de trabalho. Você gosta de sair sábado de shorts e havaianas? Ótimo pra você, mas entenda que essa não é uma possibilidade de vestuário no seu emprego.

Uma empresária se veste diferente de uma publicitária que se veste diferente de uma professora, ok? A empresária vai se vestir de acordo com o seu cargo e com o seu ramo de atuação (empresa de cosméticos ou empresa que lida com economia, fundos de investimento, por exemplo), essas serão duas empresárias completamente diferentes. A publicitária, trabalha boa parte com elementos que envolvem criatividade, então ela deve passar essa característica para o seu visual. A professora, trabalha com crianças, adolescentes ou adultos? Cada público exigiria características diferentes, então cada uma delas deveria se vestir diferente uma da outra. Não existe uma equação exata, cada profissional deve analisar sua situação geral.

Eu sei que parece muita coisa, mas a maioria delas percebemos e aprendemos inconscientemente. É preciso prestar mais atenção e ser mais cuidadosa ao passar todas essas informações para o seu modo de vestir. Deixe que a sua imagem (a primeira impressão que os outros têm de você!) demonstre as suas qualidades em um primeiro momento. Mas não adianta ter a imagem e não ter o conteúdo, ok?

Desculpem pelo tamanho do post e bye!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s